In Memoriam Credídio Rosa (4/9/1938 - 6/8/2014)

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Grandes Cepas Tintas Francesas

CREDVINHO - AGOSTO 2014

LOCAL - VIA CASTELLI
TEMA - AS GRANDES CEPAS TINTAS FRANCESAS




Em nossa reunião de agosto prestamos nossas homenagens eternas ao nosso chefe e fundador do Credvinho, nosso querido Credidio .
Jair e eu falamos um pouquinho sobre esta personalidade única que foi Credidio, contando algumas passagens inesquecíveis.
Seguindo o que imaginamos ser seu desejo, vamos continuar o Credvinho contando com a colaboração de todos os elementos do grupo que é unido, alegre e entusiasmado.
Nossa reunião foi no Via Castelli contando com a supervisão de Eliza do Kykix,  que preparou nossa mesa com muito carinho.

Silvia apresentou o tema: as grandes cepas tintas francesas e realizamos uma degustação às cegas com vinhos varietais.



Vinho de Boca:
Domaine La Haute Févrie Muscadet de Sévre et Maine 2013
Vale do Loire R$78,00
100% Melon de Bourgogne 12% álcool
Vinho de cor amarelo palha com notas de frutas tropicais e em boca é fresco frutado e de final ligeiro.

Degustação:

1- Bourgueil L´Echellerie 2010

Vale do Loire Domaine Guy Saget R$83,50
100% Cabernet Franc 12,5% álcool
Coloração rubi, nariz com muita fruta madura e especiarias, boca firme com taninos bem formados.

2-Chateaux Saint Genes 2010
Bordeaux Bernard Magrez R$94,50
92% Merlot, 8% Cabernet Sauvignon 14,5% álcool
Vinho concentrado, macio e exuberante com fantástica relação qualidade/preço.

3-Crozes Hermitages Les Jalets 2008
Vale do Rhône Paul Jaboulet Ainé R$171,50
100% Syrah 12,5% álcool
Mostra de aromas de frutas vermelhas e escuras,violeta e pimenta. No paladar possui um toque de mineralidade taninos firmes e final longo.

4- Beaujolais Villages 2010
Bourgogne Joseph Drouhin R$89,50
100% Gamay 12,5% álcool

Após a aula de Silvia, que foi bastante explicativa,  e orientação da Eliza tentamos identificar as cepas e darmos nossas preferências, tendo sido Syrah o preferido da noite seguido do Merlot, Cabernet Franc e Gamay.

Para jantar foram montadas duas opções para cada um de nós, sendo um raviolone recheado de damasco e ricota e um filé com risoto de alcachofra, ambas muito saborosas.

O vinho do jantar foi Chateau Bujeau La Grave 2010, R$81,00, de Bordeaux, castas bordalesas, 12% álcool.Vinho de um vermelho profundo com aromas de cereja madura e cramberry, corpo médio, taninos suaves e final longo.

Foi uma noite agradável.
Um abraço atodos,
Vera

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Hoje no Rio de Janeiro fizemos um brinde...


A nossa confraria reuniu-se hoje para um almoço no Clube Piraquê e ao final fizemos um brinde ao confrade ausente, Credídio Rosa. Com espumante da Casa Valduga, naturalmente. Foi a melhor maneira que escolhemos para homenagear aquele que participou desde o primeiro encontro deste grupo e sempre nos incentivou. Fazemos nossas as palavras do Taba: "Cred, não nos abandone".

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Touriga Nacional em diferentes regiões de Portugal

CLUVINHO - AGOSTO 2014
LOCAL - GENOVA RESTAURANTE
TEMA - TOURIGA NACIONAL EM DIFERENTES REGIÕES DE PORTUGAL





A reunião deste mês aconteceu no 19/08 sem o grande presidente Credídio entre os vivos, mas tenho certeza que de onde ele estiver acompanhou a nossa reunião com aquele ar de fiscal, por isto procuramos fazer tudo de acordo com o "Código Disciplinar" e com a missão de nunca deixarmos sucumbir esta marca que é o CLUVINHO. Foi muito dificil organizar esta reunião, pois neste dia nos falávamos umas 5 vezes, no mínimo, para que tudo corresse bem.

Antes de abrirmos os trabalhos o João Gianesi propôs um brinde em memória do presidente Credídio Rosa e foi rapidamente acatado por todos.

Esta reunião seguiu o mesmo formato de nossa última, ou seja 100% de uma mesma casta, aqui no caso foi a TOURIGA NACIONAL de produtores de diversas regiões de Portugal, foi às cegas e só no final foi revelado a casta e o país, e todas as amostras foram consideradas ótimas.

Iniciamos os trabalhos com um vinho branco espanhol VAL DE SIL - 2009, considerado pelo crítico Jorge Lucki como o melhor branco espanhol vendido no Brasil, ele é um vinho produzido 100% da casta Godello, da região La Mancha e sub-região Valdeorras, 5 meses em tanques de aço inox com battonages diárias, cor amarelo brilhante, aroma de fruta madura, ervas finas e um pouco de cítricos, na boca boa acidez e untuosidade, GA - 14,4%, importado pela Península, R$ 98,00

PLANSEL TOURIGA NACIONAL 2009 - Produzido por Plansel - Dorina Lindemann no Alentejo, produção de 10.000 garrafas, a Revista dos Vinhos 2012 deu 16 em 20 pontos, importado pela Decanter, fica 10 meses em barricas de carvalho francês, estimativa de guarda 10 anos, rubi intenso, aroma de frutas vermelhas e levemente floral, com um pouco de tostados, na boca equilibrado, acidez e tanino leve, GA - 14%, preço R$ 157,00, ficou em terceiro lugar na preferência.

PORTA DOS CAVALEIROS RESERVA 2010 - Produzido por Cave São João no Dão, vinhas com 30 anos de idade e dizem que a região é o berço da Touriga Nacional, passa 8 dias em cubas de cimento e aço inox, importado pela Vinci, guarda por mais de 10 anos, rubi intenso, aroma fechado com leve toque vegetal, na boca com taninos e acidez leve, sem persistência, GA - 13,5%, preço R$ 122,00, ficou em quarto na preferência.

JOÃO PATO TN 2011 - Produzido por Luis Pato na Bairrada, importado pela Mistral, rubi intenso, aroma de frutas vermelhas, especiarias e couro, na boca equilibrado, boa acidez e persistência, GA - 12,5%, preço R$ 65,00, ficou em segundo lugar.

QUINTA DO POPA TN 2007 - Produzido por Luis Pato no Douro, passa 4 meses em carvalho francês, importado pela Vinci, guarda por mais de 10 anos, cor grená, aroma de frutas vermelhas, na boca equilibrado, frutas vermelhas e boa persistência,
GA - 13,5%, preço R$ 118,00 e ficou em primeiro na preferência dos confrades

No jantar foi servido um ótimo Fusilli alla Norma (Tomate, ricot e berinjela), porém, antes, o variado e excelente antepasto, o vinho que acompanhou foi o Quinta da Alorna Touriga Nacional 2012, produzido no Tejo (antigo Ribatejo), importado pela Adega Alentejana, estagiou 6 meses em carvalho americano de segundo uso, cor púrpura, aroma floral leve e frutas negras, na boca equilibrado e longo, GA - 13%, preço R$ 60,00, ótimo custo/beneficio.

Cred não nos abandone.

Taba

As últimas aqui no blog